ave perdida

                                
                

            AVE PERDIDA

           

            às cinco da madrugada

            na cidade adormecida

            por entre o tudo e o nada

            canta uma ave perdida; 

            

            anúncia um novo dia

            que da noite se adivinha

            é um canto que arrepia

            vem da tua alma prá minha; 

            

            pelo vazio a janela

            procuro o lugar onde estás

            mas esse canto de ave bela

            leva tudo e nada trás; 

            

            raia o dia sem sentido 

            não oiço mais o teu canto

            ando perdido de tudo

            oiço agora o meu pranto;

           

            Oirégor

           

                 

Anúncios