silêncios

             
              
              SILÊNCIOS 
Silêncio…
Oiço o calor da tua presença
Silêncio…
Oiço o bater do teu coração
Silêncioo…
Oiço a tua alma intensa
Silênciooo…
E, oiço já a pele da tua mão;
 
Silêncio…
Há um momento em que te procuro
E, Silêncio…
Há uma presença alegre neste escuro
Silêncioo…
Há um sabor encantado que me farta
Silênciooo…
E, há a tua beleza sem conta;
 
Silêncio…
E, és vaivém no meu pensamento
Silêncios…
E, és adivinha que descubro,
Silênciooss,…
És vontade no meu peito,
Silênciiiooosss…
E,…És ter e não ter sempre ao rubro…;
 
Oirégor

 

          
Anúncios